São João é essa festa massa que quase todo nordestino espera o ano todo e que a gente faz questão de passar nossa tradição para as novas gerações. No entanto, precisamos tomar cuidados com algumas coisas, como queimaduras e inalação de fumaça.

LEIA TAMBÉM

Conjuntivite: cuide-se e preste atenção nos olhos das crianças

Descasque mais e desembale menos para as crianças

Claro que a queimadura é mais grave, mas a festa também pode acabar mais cedo para já convive com problemas respiratórios. O médico chefe do setor de pediatria do Hospital da Restauração, Doutor José Carlos Travassos, recomenda que as crianças que tenham cansaço, asma ou coisa parecida sejam mantidas o mais longe possível do contato com a fumaça.

“Agora lógico que com as vacinas em dia e boa alimentação a criança está mais fortalecida, e um pouco menos suscetível a esses problemas. Mas é bom evitar o contato próximo com a fumaça”, comenta. Não são só as crianças que têm problemas respiratórios, como rinite, por exemplo, que são afetadas pela fumaça, mas elas são as mais afetadas.

“Ela (a fumaça) pode dar aquela crise de cansaço e pode desencadear uma crise de asma, de rinite e por aí vai”, explica o doutor. Mas também não é o caso de se preocupar com problemas maiores, como insuficiência respiratória. Segundo ele, isso geralmente ocorre em caso de incêndio, quando as pessoas inalam um volume muito maior de fumaça.

José Carlos Travassos também recomenda que, se a criança já tem antecedente de cansaço e apresente tosse já durante a festa de São João, é bom fazer uso de medicamento que já usa, como corticoide e bronco dilatador. Aqui em casa, a bombinha de Aerolin e o Predsim já estão de sobreaviso. “Caso o problema piore e se desencadeie um cansaço, deve-se procurar imediatamente um hospital”.

Antes de sair para a festa, é bom preparar um kit com os remédios que a criança já use normalmente em casos como esse. Mas Doutor José Carlos alerta para o nebulizador. “Se não estiver corretamente limpo, pode criar fungos e piorar o quadro respiratório”, afirma.

Queimaduras

Com relação às queimaduras, o Doutor José Carlos lembra que se deve “lavar com água corrente e não deve colocar manteiga ou qualquer outro produto, porque que eles acabam acabam prejudicando mais”. “Geralmente, as pessoas costumam passar borra de café, capim e manteiga, mas o que isso pode ocasionar é uma infecção”, explica.

Depois de lavar com água corrente, o acidentado precisa ser conduzido imediatamente para o hospital.