Categoria

Entrevista

Pai relata visão dele no parto natural

Entrevista

O Pablo Lustosa, médico-cirurgião cardíaco, pai de Davi e Arthur; e casado com Giovanna Lustosa, enfermeira relata a emoção de acompanhar o parto do segundo filho. Sabemos (pelo menos deveríamos saber) que o parto natural, humanizado, é feito pela mãe e pelo bebê. O médico obstetra e equipe estão ali para dar suporte em alguma intercorrência. É um processo longo de extrema dedicação de familiares e dos que estão alí envolvidos. É preciso os envolvidos estarem preparados, empoderados e focados. Pela minha experiência de aprendizado e buscar empoderamento que Joana Barros (minha esposa) me fez ‘correr’ durante a gestação e que ainda procuro pouco saber, pouco encontro depoimentos de pais que acompanharam de perto. Nossa Valentina chegou ao mundo por uma cesáriana. A médica-obstetra alegou porque ela estava sentada e dificilmente viraria. Tentamos nos últimos meses até uma técnica de relaxamento de acupuntura que pode ser feita em casa. Mas alerto que…

Primeiro pai com licença-paternidade de 180 dias no Brasil fala de rotina e cuidado com as filhas

Entrevista

Paulo Castro tem 32 anos e fala dos desafios da paternidade de primeira viagem. A licença maternidade gira em torno de 120 dias nas organizações privadas e de 180 dias no serviço público federal,segundo o artigo 392 do decreto lei nº 5.452 de 1º de maio de 1943. Em 2008 o Programa Empresa Cidadã insitutiu lei 11.770 regulamentando o decreto nº 7.052 que permite as empresas particulares a ofertarem uma prorrogação de 60 dias. A licença-paternidade, desde março de 2016, é de 20 dias para homens que trabalham em empresas que estejam no Programa Empresa Cidadã. As empresas que ainda não estejam cadastradas concedem apenas cinco dias. Essa semana noticiamos no blog que o pai de gêmeas que mora em Florianópolis no estado de Santa Catarina obteve licença de 180 dias. Isso mesmo. Ele passou 180 dias CUIDANDO das filhas junto à esposa dele. Para entender tudo isso fomos conversar…

Especialista explica como evitar depressão dos filhos

Entrevista

O alerta é que os filhos devem ser educados pelo pai e mãe ou responsável legal sem que isso seja terceirizado evitando quadros trágicos como suicídio dos jovens. Você sabia que a cada 44 minutos uma pessoa se mata no Brasil e todos os anos 1.000.000 pessoas cometem suidício no mundo? Os números são alarmantes e precisam ser conversados na sociedade. O que tem levado jovens a aderirem ao jogo da Baleia Azul que leva a um fim trágico ou assistirem a série do Netflix ’13 Reasons Why’ criada inicialmente para alertar sobre o suicídio, mas tem deixado jovens com comportamentos preocupantes. A especialista alerta que o convívio em comunidade religiosa também ajuda para o fator acolhedor evitando cenários degradantes. Conversei com Cláudia Pires, coordenadora do Grupo de Prevenção ao Suicídio da Universidade Federal de Pernambuco e ela disse que “Não se pode deixar de conviver com os filhos. É…

Paternidade desconhecida em obra

Entrevista

A Transposição do Rio São Francisco é uma obra que vai levar água para do rio para o semiárido nordestino. A obra iniciou em 2007 com previsão para ser entregue em 2010. Até a publicação desta postagem (março de 2017), nem sinal de prazo para término. Mas você se pergunta, o que tem a ver essa intervenção tão grande com paternidade? Um estudo realizado e coordenado pelo pesquisador da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz-PE), André Monteiro revela alguns ascpetos curiosos sobre paternidade não reconhecida além de outros impactos sociais. São os filhos dos soldados e das firmas. Escute a entrevista. A imagem ‘vendida’ pelas publicidades é que a água beneficiaria majoritariamente o abastecimento humano, mas de acordo com um estudo da Fiocruz/PE, 26% será para o abastecimento humano na área urbana e 70% da água para irrigação. De acordo com o site Carta Educação, ‘a obra foi discutida desde 1847 por…

Homem de Gelo da F1, Raikkonen se mostra bem mais tranquilo desde que virou pai

Entrevista

“O que um filho não é capaz de fazer com um pai?” Eu cresci ouvindo essa frase e, com o tempo, comecei a imaginar como seria isso na prática. No meu caso, não percebo tantas mudanças em mim devido à paternidade, mas no caso do piloto de Fórmula 1 Kimi Raikkonen, que ficou conhecido no mundo do automobilismo como o Homem de Gelo, a situação mudou bastante. O piloto finlandês sempre era visto no paddock da F1 com a cara amarrada, algumas vezes de ressaca, e tinha fotos dele na balada circulando corriqueiramente na mídia. Redes sociais, então, somente ele e seu companheiro de Ferrari, Sebastian Vettel, não têm conta no Twitter. Eis que, em 2015, nasceu Robin, e um novo Kimi é visto na mídia desde então. Em sua conta no Instagram, que passou a ficar mais movimentada, uma das fotos mais curtidas foi uma em que Robin dorme…

Pai e mãe buscam ajuda para tratamento de filho

Entrevista

A campanha para ajudar a arrecadar cerca de R$ 3 milhões está sendo realizada por Gabriel Fernandes e Taciana Spinelli, respectivamente pai e mãe de Daniel que sofre de atrofia muscular espinhal (AME), tipo 1. Por causa da doença progressiva e degenerativa Daniel não consegue deglutir e respirar. O bebe de pouco mais de um ano precisa ser monitorado 24h. A campanha está sendo feita pelo site colaborativo e até esta semana o valor arrecadado era mais de R$ 66 mil. O medicamento Spinraza, lançado recentemente nos Estados Unidos, precisa ser administrado para o bebê e cada dose custa U$ 125 mil. Inicialmente Daniel precisa tomar seis doses e depois quatro doses anuais durante a vida. Para ajudar as doações devem ser feitas no site Vakkinha ou em contas de banco. Escute a entrevista do pai do garoto, Gabriel Fernandes e entenda esse desafio dele junto à esposa, relação de ciúmes…

O que é o movimento #PaiDeVerdade?

Entrevista

Estamos vivendo uma fase de transformação social em vários aspectos. E nesse turbilhão de informações a paternidade ativa é algo que me movimenta. Que me faz pensar e canalizar ações e atitudes que me levam a debater o tema pensando no êxito de uma sociedade mais justa e respeitosa. Para a gente ganhar força é preciso envolver pessoas e debater o assunto em todas as esferas sociais. Alguns avanços sociais, mesmo que tímidos, tem levado outras pessoas a refletirem sobre o assunto. A aprovação do Marco Legal da Primeira Infância é um dos passos importantes no âmbito da política pública para permitir os pais cuidando também dos filhos. Com a aprovação, as empresas que optam por participar do programa “Empresa Cidadã”, passam a oferecer aos funcionários 20 dias de licença paternidade. Isso é ganho para todos os lados, mas precisamos debater muito o assunto para que isso não vire férias…

Sono do bebê interfere também no nosso. E como devemos proceder?

Entrevista

Quando a gente vira pai e mãe, dormir nem sempre é uma rotina tranquila, ainda quando falamos de final de gestação e os primeiros meses de vida da criança. As mulheres ficam mais incomodadas para dormir e cabe a nos pais contribuirmos para o sono tranquilo delas e dos bebês quando eles nascem. Fim de semana vou dormir mais? Nem pensar. É hora de cuidar do sono da cria. Algumas dúvidas vinham na minha cabeça enquanto pai de primeira viagem, em busca de ser um #PaiDeVerdade, que eu precisava viver para entender esse processo. Confesso que não é fácil, mas é muito prazeroso contribuir para o bem-estar de sua esposa e o desenvolvimento do bebê. Em cada família existe um método, um jeito. O importante é que você pai de primeira viagem ou de quantas viagens for é dar todo suporte a sua esposa (ou como for a configuração da…

Mais de 200 milhões de crianças e adolescentes sofrem com intimidações na escola

Entrevista

Muitas crianças e adolescentes ainda passam intimidação na escola. Segundo relatório da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, divulgado nesta semana, quase 250 milhões crianças e adolescentes no mundo sofrem algum tipo de intimidação nas escolas, o chamado “bullying”. Todo mundo já ouviu alguma história sobre brincadeiras de mau gosto de que alguém já foi vítima. Chamar por nomes específicos que representam uma diminuição do ser humano é mais comum do que pensamos. O relatório aponta ainda que os responsáveis pela intimidação geralmente selecionam suas vítimas pela aparência física, etnia, diferenças culturais ou pelo gênero ou orientação sexual. Foto: Sophia Paris/ONU E para os pais/mães que precisam mudar de estado ou país por causa do trabalho? Sempre tem a questão cultural ou etnia que pode causar estranhamento. E o respeito ao próximo? É dever da família orientar ou cabe apenas aos professores? Quando a intimidação ocorre na…

Devemos ficar atentos para sinais no desenvolvimento do falar

Entrevista

O bebê vai crescendo e chega a hora que você espera a fala, não é verdade? Procurei, mas percebi que dados nacionais não existem. O estimado é que 5% das crianças vão ter algum tipo de dificuldade. O alerta de que haja um problema, em geral, vem do pediatra ou da escola. Mas como você é um #PaiDeVerade assim como estou buscando ser, então fomos atrás da orientação de um especialista para que tenhamos informações. Identificar a fala, qual a hora de perdir ajuda? É correto se antecipar ao pedido/comunicação corporal da criança? Gagueira, preciso me preocupar? Que etapas da fala devemos acompanhar para que a gente perceba de que está tudo bem? A convesa, com cerca de 10 minutos, é com a fonoaudióloga, Andressa Aguiar que além das dúvidas acima, explica o que devemos evitar para não atrapalhar a fala da criança, esclarece também sobre o uso da chupeta…