Um gatinho curioso e um bairro que é um reduto de cidadania e resistência contra a especulação imobiliária serviram de fundo para Existem Sonhos na Rua Amarela, primeiro livro infantil da jornalista e escritora Manuella Bezerra de Melo. Em aproximadamente 30 páginas, o gato Milo conta a história do seu irmão Bené, que sonha em ser detetive e começa a sua “carreira” com uma investigação para salvar o bairro onde mora de um projeto devastador.

A obra é uma ficção inspirada no cotidiano recifense e trata sobre especulação imobiliária e democracia, inspirando-se nas experiências da capital pernambucana com o projeto Parque Capibaribe e o movimento Ocupe Estelita. “É absolutamente inspirado no bairro das Graças, onde morei por um bom tempo, e nas lutas por direitos urbanos do Recife, mas traz elementos totalmente ficcionais”, explica Manuela Bezerra de Melo. O livro tem ilustrações e capa de Java Araújo e posfácio de Ivan Moraes Filho, além de contar com o luxuoso auxílio de intertextos do clássico Olhai os Lírios do Campo, de Érico Veríssimo.

Existem Sonhos na Rua Amarela já está em pré-venda e pode ser encontrado no clicando neste link.  A primeira obra de Manuella foi Desanônima, lançada em agosto de 2017.

com informações de assessoria de imprensa.